Você está realmente com fome??

Muitos que sofrem com excesso de peso se alimentam por outros motivos
_________________________________________________________

A sensação de fome é provocada pela falta de alimentação, correto? Sim e não. Algumas pessoas comem por motivos que não têm nada a ver com apetite, como, por exemplo, tédio e raiva. Em alguns casos, as refeições são excessivas e sem controle.
Para saber se passou dos limites ou não, um teste simples pode revelar: alimente-se e, caso tenha exagerado, demorará cerca de 20 minutos para o seu organismo perceber que extrapolou. A sensação de estufamento será evidente.

Por isso, procure sempre mastigar bem e ingerir os alimentos com tranqüilidade. Isso evitará que você coma compulsivamente e além do necessário.
Entretanto, sabemos que o ato de comer envolve também o prazer do paladar, o que se torna uma “cura temporária” para os distúrbios emocionais, ou seja, é na alimentação que o indivíduo tenta compensar as frustrações e esquecer as dificuldades.

Alguns psicólogos concordam que os mecanismos emocionais interferem na sensação de fome e saciedade e que nos primeiros anos de vida, boa parte dos pais procura apaziguar os desconfortos do filho (choro causado por cólicas, calor, frio, fralda molhada, etc.) sempre com a oferta de comida, o que gera uma confusão sentimental pelos significados dessas percepções. Ou seja, inconscientemente, as crianças podem interpretar a comida como solução inicial para todos os problemas.

Ao longo dos anos, outros hábitos podem intensificar esse quadro. É o caso da famosa recompensa de comportamento aplicada por muitos pais, avós, tios, etc: “se for boazinha, ganhará um doce ou algo bem gostoso”; “se fizer malcriação ficará sem sobremesa”.

O mais curioso é que realmente alguns alimentos em especial possuem características que motivam o indivíduo, provoca o agrado e até tranqüiliza e regula as tensões. Quantas vezes você já ouviu alguém dizer: “Puxa, acho que preciso de um bom chocolate”. De fato boa parte dos pesquisadores atribui às substâncias químicas o poder de afetar os neurotransmissores do cérebro e provocar o bem estar.

5 Apoios:

Jéssica Araújo disse...

amiga, já pesquisei na net tbm sobre fome celular, é mto interessante!!!

K. Willemann disse...

No meu caso qdo eu to muito feliz o apetite dobra... sinto vontade de devorar o mundo! hehehehe!

Se cuida!
Beijinhos

Gezinha® disse...

Passando para conhecer seu blog bem legal esse post.
Abraços
Gezinha
http://ideiasdicas.blogspot.com/

ٷՅiα disse...

Olá, Ana!! Também sou carioca, também faço a dieta dos pontos e comecei academia ontem =D Quero chegar aos 58kg. ^^
Vou passar a freqüentar seu blog, tá?! =]
Beijão!

Leila em Nova Fase de Renovação disse...

é se fossemos contar quantas vezes comemos por fome, acho que descobririamos rapidinho pq estamos gordinhas rs..
bjs